Réquiem - Lauren Oliver

23:11


 HONESTAMENTE? ME SINTO LESADO! 
NOTA: 3.0

SINOPSE: No desfecho da trilogia em que o amor é considerado uma doença, Lena é um importante membro da resistência contra o governo. Transformada pelas experiências que viveu, está no centro da guerra que logo eclodirá. Depois de resgatar Julian de sua sentença de morte, Lena e seus amigos voltam para a Selva, cada vez mais perigosa. Enquanto isso, Hana, sua melhor amiga de infância, foi curada. Ela leva uma vida segura e sem amor junto ao noivo, o futuro prefeito. Às vésperas do casamento e da eleição - cujo resultado pode dificultar ainda mais a vida dos Inválidos -, Hana se questiona se a intervenção realmente tem efeito. Vivendo em um mundo dividido, Lena e Hana narram suas histórias em capítulos alternados. O que elas não sabem é que, em lados opostos da guerra, suas jornadas estão prestes a se reencontrar.



Como uma pessoa tem o poder de esmagar outra até virar pó... e também de fazê-la tão inteira?



E o que era Delírio virou um martírio... 

Gente, juro que faz um tempinho que terminei de ler Réquiem e até hoje eu não consigo entender qual era a da Lauren Oliver, por que vamos combinar, Delírio (primeiro livro da série) é um dos melhores que já li, eletrizante até a última página. Então chegamos ao Réquiem e... Oi?, estamos falando do mesmo livro? Oliver foi incorporada por uma entidade que não sabia o que estava fazendo? Nunca vamos saber. Assim, desde Pandemônio eu soube: essa autora é louca. Olha, eu vou explicar mais ou menos como funciona a coisa (eu poderia baixar o Green aqui e fazer um teorema com isso, mas a cretina da Oliver não merece).

Delírio, Pandemônio e Réquiem, apesar de terem um assunto em comum não parecem MESMO que foram escrito pela mesma pessoa. Sério, cada um tem uma coisa diferente difícil de explicar! Meu Deus, até a escrita é diferente, a maneira de contar a coisa inteira... Foi tudo meio que deprimente e eu só consigo pensar: ela não fez essa besteira, eu não li isso, juro! Crazy! 

Em resumo Réquiem funciona assim: Alex está de volta e Lena completamente confusa com esse retorno, uma vez que as coisas pareciam estar indo bem entre ela e Julian. Hana (sim, temos o ponto de vista dela também), está prestes a se casar após ser pareada com Fred, o novo prefeito também psicopata. O circo está se fechando, os Inválidos estão perdendo a luta, vamos revidar e é isso que eles fazem, todos estão prontos para invadir a cidade e tomar seus devidos lugares no mundo!

Até ai tudo bem, até gosto, essa coisa de guerra é ótimo também... Mas vamos lá. O livro tem um inicio chato pra caramba. Essa coisa de alternar capítulos entre Hana e Lena no inicio me assustou um pouco, por exemplo a Hana não me era algo extremamente importante em Delírio, era?, porém a garota conseguiu ganhar o meu coração e de repente ela era a minha protagonista, a estória da Hana ficou bem mais interessante do que a da Lena e o Alex cabeça dura (aquele cara que eu gostava no primeiro livro se tornou um porre neste).  

Sim, eu sempre soube, antes mesmo de ser lançado aqui no Brasil que o último livro deixava a desejar, as resenhas não eram boas, ainda assim acreditei que as coisas não poderia ser de todo ruim e não é, principalmente quando chegamos entre o meio e o fim, quando finalmente saímos daquele inicio amarrado do caramba e ai eu pensei: talvez não seja tão ruim assim... No entanto, quando a coisa engrena. Fim. Eu disse: THE END. E ai eu vejo umas resenhas novas dizendo que o livro é perfeito e começo a pensar, a enlouquecer na verdade, talvez ou eu esteja com um problema de cognição interplanetária de entendimento sobre estórias ou o povo tá maluco por que ao invés de nos oferecer respostas simplesmente o que a Lauren Oliver fez foi nos encher de dúvidas e não, eu não consigo entender, isso nunca foi um fim de série, me desculpe, estou revoltado! 

Como assim tudo isso? Aquilo foi um fim para Hana? O Julian não mereceu uma explicação? O que diabos afinal aconteceu com o Fred? E com a família da Lena, qual foi o fim mesmo? Alias, todo mundo sabe que tem um problema com a Hana, mas em nenhum momento a garota admitiu para si mesmo. Derrubar um muro faz com que alguém tenha vencido uma guerra? Alex? Lena? Tem alguém ai? [...] Sabe, antes o livro tivesse sido volume único. GENTE FICOU TUDO NO AR, TUDINHO.

A única coisa que eu consigo pensar é: bem, talvez a Oliver nos presentei com um quarto livro, tudo foi uma brincadeirinha de mau gosto. 

É, a esperança meu jovem e até lá: derrubem os muros! (De preferencia o da casa da Oliver, que com certeza deve ter batido a cabeça na quina do seu notebook). 


You Might Also Like

5 comentários

  1. Nossa, eu estava doida pra começar a ler a série e ai leio essa resenha e fico tipo: e agora, José? haha, você me meteu numa furada... não sei o que fazer! :O mas adorei a sua resenha, bem sincera haha
    Beijos,
    Renata.
    viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Matheus!
    Nossa, que pena que sua leitura tenha sido desagradável...
    Eu não conheço a série, mas agora fiquei com certo pé atrás, porque ler apenas metade dela não dá e depois de ler o que você escreveu, fico meio que desmotivada, sauysauashusahsauh!!!!
    Mas adorei sua resenha! Você escreve mega bem...

    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Matheus!
    Ai, que medo! :x
    Eu, assim como você, amei "Delírio". Amei mesmo! Estou ainda com muito medo de ler o desfecho porque geral anda falando a mesma coisa que você; todos estão puramente decepcionados. E a chance de o mesmo acontecer comigo é enorme.
    Não sei o que aconteceu com a Oliver. Ela deve ter batido a cabeça mesmo, só pode!
    Ainda assim pretendo lê-lo este ano e espero não me decepcionar.
    Adorei sua sinceridade, viu?
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  4. Não li toda a resenha porque já tenho o primeiro livro da trilogia comprado. Porém confesso que não me encontro nada empolgada para começá-lo neste momento.
    Beijos,K.
    Girl Spoiled
    http://girlspoiled.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Mas gente! =O Minha amiga postou a resenha lá no blog essa semana dando 5 estrelas e coração pro livro. kkkkkkkk Eu tenho Delírio há +/- 1 ano e meio, mas ainda não li. Bem curioso ver como as opiniões divergem tanto. Quero ler pra ter a minha própria. ;)
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images