Para Sempre - Kim e Krickitt Carpenter

12:44


SINOPSE:

A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.


"Depois de um momento, percebi que o carro estava de cabeça para baixo e eu, deitado no teto, pelo lado de dentro. O teto solar havia se estilhaçado quando o carro deslizou no asfalto e eu havia percorrido a última parte daquele trajeto de 32 metros deslizando sobre o vidro quebrado e asfalto." 


Desde que vi a sinopse de PARA SEMPRE eu fiquei em um estado de inquietação, já que, se parecia muito com o meu filme de comedia romântica predileto: Como se fosse a primeira vez. Tá, não é tão parecido assim, o que aumentou ainda mais a minha ansiedade ao descobrir que é uma historia real. Sim, o triler do filme te deixa completamente obcecado por essa historia e agora atente ao que vos direi (risos).

O livro conta a historia de Kim e Krickitt Carpenter que se conheceram de um jeito bem estranho para a vida real – vai entender? -, quer dizer, o primeiro contato dos dois foram ao telefone, quando Kim – treinador de um time de beisebol – entra em contato com uma loja de uniformes (se não me falha a memória) e “agrada-se” com a voz da atendente, Krickitt e conversa vai, conversa vem, trocas de telefones, cartas, fotos, eles acabaram que aceitando se encontrarem.

Então ela embarca rumo à casa de Kim – o que me pareceu bem, deixa eu pensar, evolutivo para época -, e apesar de Krickitt ter ido dormir na casa de Kim – haja confiança -, nada aconteceu e ele foi, o que chamam de “cavalheiro nato”.     

Claro que foi amor a primeira vista e Kim já não conseguia pensar em outra coisa a não ser em Krickitt que também correspondia às expectativas e de repente eles resolveram se casar. – Oh como o amor é lindo!

E o inesperado acontece. Depois de dois meses de casados, em uma viagem de visita aos pais de Krickitt no dia da Ação de Graças, eles sofrem um acidente de carro. Grave, muito grave. Fico me perguntando como eles realmente conseguiram sobreviver. E para piorar as coisas, Krickitt sofreu um grave trauma onde suas chances de sobrevivência eram mínimas, e após a recuperação e um momento de alivio um baque: ela não conseguia lembrar de Kim, não conseguia lembrar do próprio marido!

Daí a narrativa chega no que tanto esperamos. Kim entra em um drama cada vez mais profundo; Krickitt parece não querer cooperar e as coisas entre os dois só afunda e afunda e Kim não sabe o que fazer, a não ser orar e tentar seguir em frente.

Bem, desculpem se a resenha não tá tão profunda, estou a exatamente 01:40 da manhã escrevendo-a por falta de tempo. Mas então, vamos aos pros e contra!

Primeiro: o tipo de escrita não me agradou, as vezes me cansava, as coisas demoravam a acontecer, eu sentia falta dos diálogos e  de toda uma emoção, aquele frenesi que te dá pra continuar a leitura. Sim, me senti lendo uma biografia – e quem disse que é ou não é? Não sei se é certo considerar um romance, talvez auto-juda. (?) – Sabe, acho até que se inserissem algumas coisas a mais (fictícias), seria um livro perfeito – se bem que sempre desejo alterar alguma coisa ou outra dos livros, pena que não possuo esse poder!

Tirando essas coisas, é uma historia legal, de fé, amor e peseverança, por que se eu fosse o Kim – SÉRIO – eu tinha mandado a Krickitt para o raio que o parta, não tenho tanta paciência para essas coisas não hein?, ao mesmo tempo em que o livro me mostrou uma coisa em que eu acreditava piamente em não existir mais: ele mostrou que sim, amor ainda existe! E de uma forma ou de outra não tem como não se sentir tocado pelo que ambos sofreram.

Bem, é isso, já estou grogue. Leiam PARA SEMPRE, independente de qualquer coisa, é uma historia que merece ser conhecida por todos, afinal, às vezes acontece coisas em nossa vida que só entendemos mais tarde.

Adquira o livro na Saraiva ou Livraria Cultura!

Quero agradecer a Novo Conceito pelos livros!

PS: O filme parece ser mais emocionante, não deixem de conferir os dois, tirem suas conclusões!




Até!

You Might Also Like

5 comentários

  1. Parabéns pela resenha Matheus! Estou ansiosa para ler Para Sempre! Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Olá, adorei o seu blogue. Parabéns! Estou seguindo se quiser visitar o meu blogue também ficarei grato.

    Grande abraço.

    http://weboysforlife.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá! Estão rolando TRÊS promoções bem legais lá no blog.
    Confere lá - Vale livro: http://migre.me/8oJ2Q, Promoção de Páscoa: http://migre.me/8oJ4h, Kit Garota Replay: http://migre.me/8xhtL
    Participe!!! XD

    ResponderExcluir
  4. Oi, Matheus!

    Ainda não consegui tempo para ler 'Para Sempre', mas espero que seja uma leitura agradável!

    Espero assistir ao filme tbm!! (L)

    Beijos!
    Lygia - Brincando com Livros

    ResponderExcluir
  5. Eu vi o trailler do filme antes, mas o livro nem sabia que tinha rsrs
    Agora que sei: preciso ler!
    Adorei a resenha
    Bjo

    Lili *^_^*

    ResponderExcluir

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images